Empreendedores de Sucesso: A primeira Startup Brasileira — Conheça a trajetória de Romero Rodrigues com o Buscapé

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

empreendedores de sucesso

Dando continuidade à série Empreendedores de Sucesso, vamos falar hoje do fundador da primeira startup nacional: Romero Rodrigues, o “pai” do Buscapé.

Buscapé Company é o nome de uma plataforma digital que integra marcas diferentes, de sorte a oferecer aos consumidores grande variedade de opções na hora de pesquisar, comparar e escolher produtos.

Acompanhe abaixo a trajetória de um de seus fundadores, o paulista Romero Rodrigues!

A experiência na USP

Romero Rodrigues nasceu em São Paulo no dia 1º de outubro de 1977. Estudou Engenharia Elétrica na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.

Romero Rodrigues ingressou na faculdade de Engenharia Elétrica em 1995, com 18 anos de idade. O ensino fundamental e médio, ele cursou no Colégio Visconde de Porto Seguro, em Morumbi, também em São Paulo.

Durante os anos de 1996 e 2000, ele estagiou, como pesquisador, no Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores (LARC) na Politécnica da USP.

Participou assim de importantes projetos como:

  • Desenvolvimento da Internet 2 no Brasil (RMAV);
  • Banco de dados;
  • Segurança e monitoramento de desempenho de links.

Os caminhos do empresário

Certa vez, Romero Rodrigues, desejando comprar determinado modelo de impressora, pesquisou bastante na internet, mas não encontrou informações sobre seu preço, nem especificações técnicas sobre o equipamento.

Analisando essa situação, ele e mais dois amigos universitários (Ronaldo Takahashi e Rodrigo Borges) tornaram-se empreendedores de sucesso ao criar, em 1998, o site Buscapé.

Eles souberam visualizar uma oportunidade diante de uma situação desfavorável. Os consumidores precisavam de um suporte para encontrar produtos específicos na internet.

Eles perceberam que havia demanda do serviço e quase nenhuma oferta dele, e vislumbraram boas possibilidades de faturar com isso.

O site Buscapé

Romero, Ronaldo e Rodrigo começaram investindo R$ 100,00 mensais cada um. Esse capital destinava-se ao pagamento da hospedagem e à elaboração do sistema e do layout.

O Buscapé apareceu no estilo “garage company”, ou empresa de garagem. Desde o começo, Romero Rodrigues tomou o controle do negócio.

Como outros empreendedores de sucesso, Rodrigues iniciou sua carreira de empresário a partir de uma ideia simples e valendo-se de poucos recursos, mas soube administrar bem o negócio e expandi-lo.  

O Buscapé cresceu tanto que se tornou internacional, sendo vendido posteriormente à Naspers, uma organização da África do Sul. Atualmente, o Buscapé é dono, entre outros sites, do www.buscapé.com.br e do www.bondfaro.com, que oferecem serviços grátis de pesquisa de produtos e de preços.

Naspers e Buscapé

Naspers é o nome de um conglomerado de mídia localizado na África do Sul. Trata-se, pois, de uma reunião de empresas focadas em mídia, atuando tanto em meios eletrônicos quanto em mídia impressa.

Fundada em 1915, foi, ao longo dos anos, crescendo na medida em que incorporava outras empresas ao seu patrimônio.

A aquisição do Buscapé deu-se no ano de 2009. A Naspers possui 91% do Buscapé Informação e Tecnologia Ltda., cuja sede continua sendo em São Paulo. O preço de venda foi de U$ 342 milhões de dólares.

As outras atividades de Romero Rodrigues

Além de ser tido CEO do Buscapé, Romero Rodrigues, atualmente, é sócio da RedPoint e Ventures, uma empresa de fundos de investimento com mais de 20 unidades de negócio.

Romero ainda atua como conselheiro das empresas Endeavor (apoio ao empreendendorismo, destinada a formar empreendedores de sucesso) e Movile (empresa de TI).

Depois da venda à Naspers, Romero continuou como CEO do Buscapé até 2015.

Para ter uma ideia, a Buscapé Company congrega hoje em dia as empresas Bondfaro, Bcash, Brandsclub, Btarget, Moda it, E-bit, Lomadee, FControl, QueBarato!, Shopclic, MeuCarrinho, SaveMe, Hotmart, Recomind, Urbanizo, Cuponeria e Navegg.

Deixe agora sua opinião sobre o gestor Romero Rodrigues. E faça também uma sugestão de empreendedor para o próximo artigo da série “Empreendedores de Sucesso”!

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×