Histórias de sucesso: Como uma simples doceria se tornou o Pão de Açúcar?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

histórias de sucessoHistórias de sucesso no mundo dos negócios acontecem, muitas vezes, de forma inesperada. Porém, por mais que o foco dos empreendedores não seja crescer a nível mundial, a dedicação diária e o talento podem levá-los a lugares que nunca sonharam.

Hoje, vamos contar para você uma das trajetórias mais vencedoras dos últimos anos, a do Pão de Açúcar, que de uma simples doceria se transformou no maior grupo varejista do país. Confira!

Os sonhos trazidos de Portugal

Uma das maiores histórias de sucesso do Brasil recebeu seus primeiros contornos em novembro de 1929, quando o imigrante português Valentim dos Santos Diniz chegou ao país com os sonhos de crescer profissionalmente e, quem sabe, abrir o seu próprio negócio.

Após chegar de navio ao Rio de Janeiro e ficar encantado com o Pão de Açúcar, Valentim foi morar em São Paulo, onde logo arrumou um trabalho no comércio, seguindo um caminho diferente da maioria dos imigrantes, que iam trabalhar na lavoura ou nas indústrias.

Aos 16 anos, Valentim trabalhava no empório chamado Real Barateiro, localizado na Avenida Brigadeiro Luiz Antonio. Em pouco tempo, o jovem foi promovido de entregador para atendente da seção de atacado. Nessa fase, além de receber um pouco mais e ir conquistando sua independência com esforço, Valentim conheceu a mulher que seria sua grande companheira de vida, Floripes Pires.

Os dois se casaram e começaram a compartilhar juntos o sonho do negócio próprio. Com as economias de Valentim e com o valor que Floripes ganhou em um jogo da loteria, eles decidiram abrir uma mercearia na Rua Vergueiro. O casal e o filho Abilio Diniz moraram por um período nos fundos da mercearia.

Passado algum tempo, o ex-chefe de Valentim o convidou para ser sócio em uma panificadora. O empreendedor aceitou o desafio e o sucesso do negócio trouxe bons frutos para o português. Após o término da sociedade, Valentim se viu preparado para abrir a sua primeira doceria, em 1948. A oportunidade também serviu para ele fazer uma homenagem para o país que o acolheu, dando ao negócio o nome de Pão de Açúcar.

Crescimento que deu origem ao maior grupo varejista do país

A primeira unidade da doceria Pão de Açúcar fez muito sucesso e, em 1952, Valentim decidiu abrir duas filiais em São Paulo. Os negócios iam muito bem para a família, que não parou de empreender. Em 1959, foi inaugurado o primeiro supermercado da rede, em frente à doceria na avenida Brigadeiro Luiz Antonio, nos Jardins.

E o português não parou por aí. O Pão de Açúcar fez a incorporação da cadeia Sirva-se, em 1965, ampliando sua atuação para 11 lojas. No entanto, foi na década de 70 que a empresa passou pelas maiores transformações até então.

Nessa época, o grupo adquiriu a rede Eletroradiobraz, maior rede de eletroeletrônicos e eletrodomésticos do Brasil, e criou a primeira geração de hipermercados do país, com o Jumbo. As aquisições não pararam e na década de 80 foi preciso reunir todas as marcas do Pão de Açúcar para formar a Companhia Brasileira de Distribuição (CBD).

Pão de Açúcar é uma das histórias de sucesso que marcaram o varejo brasileiro

Em  1989, Valentim criou o hipermercado Extra e o grupo começou a passar por algumas mudanças gerenciais. Em 1990, Abilio Diniz, primogênito da família, assume a presidência do Pão de Açúcar e o seu pai passa a fazer parte do Conselho Administrativo.

A doceria iniciada por Valentim já havia se tornado o maior grupo varejista do país, quando em 2013, o seu filho Abílio Diniz anunciou sua saída do grupo, após fechar um acordo com o Casino. Foram 65 anos de muito trabalho, até o dia em que a família Diniz encerrou a sua atuação em uma das maiores histórias de sucesso de todos os tempos.

Gostou de conhecer a trajetória vencedora do Pão de Açúcar? Então, continue se inspirando em histórias de sucesso em nosso blog!

 

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×